Carregando
Processando pagamento, pode demorar alguns segundos
bruna
&
diego
16.04.2016
Casados
Edite o conteúdo da página abaixo.

Os Noivos

Tem loucuras que a gente só faz com muita maturidade. E o amor e a loucura sempre andam de mãos dadas.

Nossa história não poderia faltar esses ingredientes. Quem presenciou tudo, desde o início, tanto de perto ou à distância, pode confirmar.

Nos conhecemos num momento, totalmente, inesperado. E nada aconteceu. Mas tinha um ímã que sempre fazia um estar do lado do outro, um olhar para o outro, um brincar com o outro... E assim, continuamos nos falando.

Percebemos que aquele ímã não era de momento. Resolvemos que tínhamos que nos reencontrar. E desse reencontro já veio o pedido de namoro.

Na ocasião de conhecer as famílias um do outro, percebemos que nada poderia ter sido tão bem planejado por Deus: super bem recebidos, nenhum constrangimento. Nos sentíamos em casa, quando um estava na casa do outro.

Foram meses de namoro à distância: 40 dias, 21 dias, 15 dias sem se ver... Aniversários e comemorações com um estando longe do outro. Foram noites viajando de ônibus e dias de avião para nos encontrarmos. E desses encontros: viagens em família e com amigos, formaturas, jantares... Sempre muito agradáveis.

Decidimos que era a hora de morarmos mais perto. Por que não ambos em BH?!

Em Janeiro de 2015 veio o noivado, em Vitória/ES. E não poderia ter sido de outra maneira: surpresa, na presença dos nossos familiares, do jeito que a mãe da noiva sempre sonhou!

Então, que começassem os preparativos. A escolha do local: onde a noiva se sente em casa, onde a maior parte da família está e onde a mãe da noiva teria mais disponibilidade para estar ao seu lado nesse momento importante.

Adotamos uma cachorrinha: Bia. Nossa companhia quando um ou o outro está fora de casa.

Hoje, a mãe da noiva não está fisicamente presente. Mas Deus sempre sabe o que faz: permitiu ela deixar tudo arquitetado para que o seu sonho não fosse quebrado. E então, vamos nos casar!

Guardem a data: 16 de abril de 2016!

Beijos e abraços.
Bruna e Diego

"As almas felizes de estarem juntas, quando se reencontram, são como amigos na volta de uma viagem."